Outras páginas

terça-feira, 11 de junho de 2013

Sem servidor a cidade para. É hora de valorizar!

CANINDÉ, Sergipe - Com uma renda superior a R$ 10 Milhões mensais, o prefeito do município de Canindé de São Francisco, Heleno Silva, resiste em conceder aumento digno aos servidores e servidoras canindeenses.





Valdir Inácio
Graduando em Gestão Pública

A valorização do servidor de Canindé foi promessa de campanha do prefeito que acaba de se eleger. No entanto, a proposta de reajuste do salário do servidor apresentada pela Prefeitura foi de 5,22%, ou seja, abaixo dos índices de inflação do ano. A categoria rejeitou o percentual. A prefeitura apresentou outra proposta de 7,36%, mas esta foi novamente rejeitada pela categoria em assembleia contando com a presença de mais de 300 servidores (SINDISERVE-Canindé).

Imagem/Divulgação
O sindicato reivindica a Relação Nominal dos Servidores Cedidos para a Câmara Municipal de Canindé de São Francisco e a Folha de Pagamento Nominal e Detalhada. A categoria não fechou a mesa de negociação, mas já notificou ao Prefeito Heleno Silva sobre a rejeição da proposta de reajuste salarial, como também da paralisação (SINDISERVE-Canindé).




Encaminhamento

A paralisação aconteceu na manhã de hoje (11/06) e contou com a participação de mais de 300 servidores. Ficou encaminhado pela categoria, que acontecerá no dia 12/06, às 10h, no Centro Comunitário São Vicente de Paulo, uma assembléia para discutir a nova proposta encaminhada pelo Poder Público Municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pela sua visita e comentário.