Outras páginas

quinta-feira, 25 de julho de 2013

443 Cargos Comissionados no governo de Heleno Silva

CANINDÉ, Sergipe - Quatrocentos e quarenta e três (443). Esse é o número de cargos de confiança que o prefeito, Heleno Silva, criou no inicio de seu mandato. 


Valdir Inácio
Graduando em Gestão Pública

O número de quatrocentos e quarenta e três (443) cargos de confiança é baseado na Lei Complementar nº 01/2013 de 21 de janeiro de 2013 referente a nova Estrutura Organizacional da Administração Pública de Canindé de São Francisco.

Com quatro centos e quarenta e três (443) pessoas empregadas, a situação da economia local deveria ser melhor. Isso, se a maioria das pessoas fosse do Município. 

Se for exagero pensar assim, que a Prefeitura disponibilize um link com a Folha de Pagamento e demais entradas e despesas dos recursos público, assim como manda a Lei da Transparência

Edis...

Foto/Blog
avosdajuventude.blogspot.com
Espantoso, saber que os parlamentares aprovaram tal lei, sem mesmo fazer qualquer debate sobre o assunto. Conhecer e discutir os Projetos de Lei encaminhados pelo Executivo, é uma atribuição do parlamentar. Os senhores nos representam, ou não?

Com a nova organização...

Hoje, a Prefeitura de Canindé conta com 20 órgãos de primeiro escalão (secretarias e coordenadorias) de apoio e assessoramento, de natureza instrumental e operacional.

Qual o balanço desses sete meses de governo? 

Não basta ter uma Vice-Prefeitura que nada faz, ainda temos que aceita mais quatro Secretários AdjuntosDe fato é um novo tempo.

Foto/Divulgação
De farras, de descaso com o dinheiro público. É um novo tempo de faz de conta que está tudo certo. De acordo com matéria publicada, no Blog do Max, Heleno considerou os seis primeiros meses da sua gestão uma experiência única e assustadora, devido aos vários desafios que encontrou. Segundo ele a máquina administrativa chegou a um limite e está estourada. “Detectamos que existe a necessidade de dar um ajuste administrativo, dentro da nova realidade do país e do município”, explicou o prefeito. Ops, contradição ou pé no chão? Quando a contenção de gasto ocorrerá? Quais secretarias deixarão de existir? 

Ao invés de quatrocentos e quarenta e três (443) cargos de confiança, já que é carência, sugerimos que faça concurso público, valorizando assim, a meritocracia. Governante que se preze e tem compromisso com o que é público, opta por esse modelo de prestigiar os cidadãos mais capacitados.

Enfim, combater a corrupção é papel de todos, e principalmente do governante. Fica a dica!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pela sua visita e comentário.