Outras páginas

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Secretária Nacional de Juventude participa da Tenda das Juventudes no Fórum Mundial de Direitos Humanos

Créditos: Reprodução
CANINDÉ, Sergipe - Secretária nacional de Juventude participa da Tenda das Juventudes.








por RJC, da redação
 

A secretária nacional de Juventude, Severine Macedo, participou nesta quarta-feira (11/12), da Tenda das Juventudes, que integra o Fórum Mundial de Direitos Humanos – FMDH. O evento teve inicio dia 10/12 e segue até 13 de dezembro, no Centro Internacional de Convenções do Brasil - DF . A atividade contou com a presença de aproximadamente 70 jovens, muitos deles integrantes de movimentos sociais juvenis.

O encontro foi autogestionado pelos próprios jovens, que dialogaram com os integrantes da mesa, composta pela secretária da SNJ; pela diretora da Fundação Perseu Abramo, Luciana Mandelli, e pela militante do direito à comunicação, Tatiane Sousa. Na ocasião, Severine Macedo falou sobre a construção da política de juventude, destacando conquistas, como a sanção do Estatuto da Juventude, que prevê, entre outras diretrizes, a criação do Sistema Nacional de Juventude. O Estatuto, que reconhece oficialmente os direitos dos jovens, prevê, também, a regulamentação da participação juvenil, por meio das Conferências e da criação dos Conselhos de Juventude, que se destacam como “espaços deliberativos de consolidação dos direitos para a juventude”, disse.

Severine também ressaltou o esforço da SNJ em criar novos instrumentos de participação, a exemplo do Participatório – Observatório Participativo da Juventude (www.participatorio.juventude.gov.br), além de ampliar a agenda juvenil, defendendo políticas específicas para parcelas importantes da juventude brasileira, como é o caso da juventude rural.

Os jovens interagiram com os palestrantes, questionando e colocando seus pontos de vista. Lucas, morador do Distrito Federal, e integrante do movimento estudantil, reafirmou a importância da mobilização juvenil para as pautas estratégicas da juventude. Segundo ele, “os jovens acordaram e querem atuar efetivamente nas Políticas de juventude, interferindo e construindo caminhos para melhorar o Brasil”.

O FMDH segue até o dia 13 de dezembro com atividades que envolvem uma agenda juvenil, reunindo representantes de 80 países em um espaço de inclusão e de troca de conhecimento sobre as juventudes.


Fonte: SNJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pela sua visita e comentário.