Outras páginas

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

GILBERTO ATACANTE DO SÃO PAULO, PARTICIPA DO II JOGO DA ACESSIBILIDADE EM CANINDÉ

Foto: Facebook Diasis Silva
A noite de quarta-feira, 14/12, foi marcada pelo II Jogo da Acessibilidade em Canindé de São Francisco. O evento beneficente contou com a participação de atletas profissionais e amadores da cidade e região.

Quem foi ao ginásio pode apreciar as jogadas do atacante Jean, ex-Confiança, Robinho Assis e de Mário Canindé (Pepinha, campeão brasileiro pelo Santos em 2000). O evento ainda contou com a presença do atacante são paulino, Gilberto da cidade vizinha de Piranhas/AL. 

O jogo da acessibilidade é organizado pela Professora Rose Santana e sua equipe. Seu objetivo é arrecada alimentos e fraudas descartáveis para crianças, adolescentes e jovens especiais que são assistidos pelo GAPINE local. 

As pessoas que foram ao jogo contribuiu com 1 kg de alimento e mais 1 real. O evento ainda contou com a participação do vice-prefeito Ednaldo da Farmácia, além de outras figuras da política local.

Com informações das redes sociais.

Valdir Inácio
Graduado em Gestão Pública
Redator DCP

CANINDÉ: DESO SUSPENDE FORNECIMENTO DE ÁGUA


Foto: Reprodução
A Companhia de Saneamento de Sergipe, por meio do seu escritório no Sertão, informou por meio de comunicado publicado nas redes sociais, 15/12, que o fornecimento de água será interrompido, das 9h às 17h, na cidade de Cidade de Canindé de São Francisco. O motivo da interrupção é devido a manutenção em um trecho da rede na cidade.

De acordo com a publicação feita na rede social do funcionário da DESO, Gilberto, o fornecimento voltará ao normal no final da tarde. 


Valdir Inácio
Graduado em Gestão Pública
Redator DCP

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

O ANJO DA FAMÍLIA, DR. MARCELO, É DIPLOMADO VEREADOR

Foto: Reprodução
Na manhã de quarta-feira (14/12), no clube social Altemar Dutra, em Canindé de São Francisco, o juiz eleitoral Paulo Roberto Fonseca Barbosa, da 28ª Zona Eleitoral de Sergipe, diplomou os eleitos do pleito 2016. Na ocasião, o prefeito Orlandinho Andrade, seu vice-prefeito Ednaldo da Farmácia, Dr. Marcelo e os demais vereadores, titulares e suplentes foram diplomados.

A diplomação

Doutor Marcelo Guedes Souza, 35 anos, chegou ao Poder Legislativo, após obter 680 votos. Ele concorreu a eleição pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB), na qual elegeu ainda o vereador Weldo Mariano, retornando a casa pela pela segunda vez. 

Um dos trunfos de Dr. Marcelo para chegar ao êxito, foi a junção de seu trabalho incansável nas comunidades durante seus nove anos de efetivo exercício, e a parceria com seu pequeno e aguerrido agrupamento. A busca pelo voto consciente do eleitor foi pautada na ética e no respeito ao próximo. 

Carta Compromimsso

O "anjo da família", carinhosamente chamado por inúmeros eleitores, lançou durante o transcorrer do pleito, uma Carta dirigida aos cidadãos canindeenses. Nela, constava algumas propostas para um eventual mandato. Sendo, a melhoria da saúde e a valorização dos  profissionais da área e demais servidores públicos, uma das principais prioridades que defenderá no mandato parlamentar.

Além de médico, Dr. Marcelo também tem formação na área de Gestão Pública. E de acordo com a lei, ele continuará atuando como médico no Município, assim a sociedade ganha duas vezes com seu trabalho.

Valdir Inácio
Graduado em Gestão Pública
Redator Blog DCP

domingo, 11 de dezembro de 2016

SOBREVIVENTE, RAFAEL HENZEL DIZ QUE NÃO FOI DADO ALERTA DE EMERGÊNCIA

Rafael Henzel

Foto: Reprodução/Facebook

O radialista Rafael Henzel, um dos sobreviventes do acidente aéreo com a equipe da Chapecoense há suas semanas, dia 29, está previsto para deixar a Colômbia nesta terça-feira, ao lado do lateral Alan Ruschel. Ele e outros dois jogadores do time já foram liberados pelos médicos em Medellín, onde o avião da companhia LaMia caiu por falta de combustível, de acordo com informações preliminares. O goleiro Follmann decola nesta segunda-feira para São Paulo, onde permanecerá para a continuação do seu tratamento. 

Em entrevista ao Fantástico, da Rede Globo, Henzel contou que ninguém no avião foi informado de que havia um problema sério na aeronave antes de ela bater no morro e se destruir, causando a morte de 71 pessoas, entre jogadores, dirigentes do clube de Santa Catarina, jornalistas e torcedores."Ninguém nos falou para colocar o cinto de segurança. Toda vez que perguntávamos sobre a chegada, falavam que faltavam dez minutos. Depois, desligaram as luzes e os motores. Isso causou certo temor, mas não fomos avisados de nada. Voamos sem saber o que ia acontecer", disse o radialista em sua primeira entrevista após de recuperar do acidente, dos problemas médicos causados por ter tido sete costelas quebradas e de uma pneumonia.

Henzel informou que estava sentado na penúltima fileira do avião, na poltrona do meio, e que os dois colegas ao seu lado morreram na queda. Ele foi o penúltimo a ser resgatado no dia, quando os colombianos já imaginavam que todos os sobreviventes haviam sidos retirados dos escombros.
O avião da LaMia perdeu altitude a 30 quilômetros do aeroporto de Medellín. Bateu num morro e foi deixando um rastro de destruição entre as árvores. Chovia no local na hora do acidente e fazia 12ºC. "Não teve pânico ou gritaria antes da queda. Teve um silêncio apenas", disse.

O radialista contou que chegou a ver seus amigos mortos ao seu lado antes de gritar por socorro. Ele achava que estava vivendo um pesadelo, e que acordaria em breve. Foi quando viu as luzes dos homens do resgate. Após o socorro, ele permaneceu sete horas desacordado. "Não me lembro da pancada do avião. Eu estava preso em duas árvores".
Henzel disse que se emocionou quando soube que o filho de 11 anos disse para sua mulher que "sentia a respiração do papai". Ele ficou sabendo do tamanho do desastre depois do terceiro dia no hospital. Seu único desejo agora é pisar em Chapecó e agradecer para o resto da vida a sorte de ter sobrevivido.

Sobreviventes do acidente da Chapecoense voltarão ao Brasil a partir desta segunda-feira, afirmou o médico Edson Stakonski. Ele disse que o lateral Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel seguirão para Chapecó na terça, às 8 horas. O goleiro reserva Follmann decola no mesmo horário, mas na segunda-feira e vai ficar em São Paulo, onde continuará o tratamento.

63% QUEREM RENÚNCIA DE TEMER, DIZ PESQUISA

Michel Temer
Foto: Dida Sampaio|Estadão

A parcela dos brasileiros que consideram o governo Michel Temer ruim ou péssimo saltou de 31% para 51% de julho para dezembro, segundo pesquisa Datafolha. O levantamento mostra ainda que 34% consideram a atual gestão regular e 10%, boa ou ótima. Em julho, quando ainda era interino no cargo, Temer era avaliado como regular por 42% e como ótimo ou bom por 14%.

A falta de expectativa com a melhora da economia é o principal motivo para a piora na percepção do atual governo. Segundo a pesquisa, 63% se disseram favoráveis à renúncia de Temer para a convocação de novas eleições diretas antes de 2018. Outros 27% se disseram contra a renúncia do presidente e 6% se manifestaram indiferentes.

domingo, 4 de dezembro de 2016

CHAPE: O RECOMEÇO


A tragédia que matou 71 pessoas após a queda do avião que levava o time da Chapecoense até Medellín, na Colômbia, na última terça-feira, abalou o mundo inteiro. Os jogadores de futebol sentiram bastante a situação. E no Santos não foi diferente. Sabendo da proximidade de vários atletas do clube com as vítimas do acidente, a diretoria do Peixe disponibilizou ao elenco a psicóloga do clube, Juliane Fechio.

Além da perda de amigos e colegas de trabalho, a profissional está à disposição para auxiliar os jogadores na briga contra o medo de voar. Por conta do acidente com a Chape, o clube acredita que o atletas podem ficar com receio de viajar de avião, coisa que será bem frequente em 2017, por conta da disputa da Copa Libertadores da América.

“A principal angústia era no sentido da família, de pensar neles. Estão muito solidários à família dos jogadores que faleceram. Como crescem em alojamento e vivem longe, a família vira o principal referencial. Sempre viajam e pensam no retorno para casa. Eles pensam como vai ser daqui para frente nas viagens. Tenho feito muito mais o trabalho de escuta. Psicólogo não pode falar para ser forte, que vai passar, porque não tem como ser forte, então deixo eles desabafarem, dizerem o que sentem”, explicou a psicóloga à Rádio Santos.

O zagueiro Neto, que foi um dos seis sobreviventes da tragédia, passou pelo Santos entre 2013 e 2014. Durante o período no alvinegro, o defensor fez vários amigos. Entre eles estão Gustavo Henrique e David Braz, que chorou ao lembrar do ex-companheiro. 

“Não estou chamando necessariamente os jogadores, estou esperado que eles me procurem. E estou dando uma atenção especial para aqueles que sei que tinham um vínculo maior com o Neto, que jogou com a gente aqui. Esses sentiram mais e temos que trabalhar essa angústia que eles vão sentir por mais um tempo”, concluiu Juliane.

sábado, 29 de outubro de 2016

SÉRIE A2: PROPRIÁ CLASSIFICA-SE PARA FASE FINAL

Foto: Blog Esporte Clube Propriá

Pela Série A2 do Sergipano, o jogo entre Rosário Central e Esporte Clube Propriá, marcado para o dia 28/10, não aconteceu devido a falta de ambulância no estádio Resendão em Rosário do Catete. 

Assim, a situação favoreceu o Esporte Clube Propriá que venceu a partida por W X O, garantindo sua classificação para a fase semifinal, que contará com quatro equipes.

No dia 02 de novembro, às 15h, acontecerá o clássico local entre o Propriá e o América, no Estádio Durval Feitosa. Nesse jogo o América defini sua classificação para a próxima fase.

Com informações do blog: Esporte Clube Própria.

VALDIR INÁCIO
Blogueiro Social
Graduado em Gestão Pública

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

CANINDÉ: JUIZ CASSA O MANDATO DE QUATRO VEREADORES


Quatro vereadores do município de Canindé de São Francisco, localizado no Alto Sertão do estado, tiveram os mandatos cassados pelo juiz eleitoral Paulo Roberto Fonseca Barbosa, da 28ª Zona Eleitoral de Sergipe. A decisão do juiz eleitoral cabe recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).


De acordo com a sentença, os vereadores Everaldo Nunes Lima, Joselildo Almeida do Nascimento, Manoel Paciência da Silva e Luciano Ferreira da Silva, foram cassados, estão inelegíveis por oito anos e devem pagar multa no valor de R$25 mil.

Já os ex-vereadores José Antônio Soares, Everaldo Mariano e José Antônio dos Santos Silva também estão inelegíveis por oito anos e deverão pagar multa no valor de R$10 mil. 

Fonte: G1

terça-feira, 23 de agosto de 2016

A POLÍTICA DE ALGUNS


Por Valdir Inácio
Graduado em Gestão Pública
Blogueiro Social


De fato a política é fascinante. É através dela que vidas são transformadas para o bem ou para o mal.

A política está relacionada diretamente com a vida em sociedade, isso quer dizer que cada indivíduo pode expressar suas diferenças e conflitos, sem que isso seja transformado em um caos social.

Embora, se afirme que gregos e romanos tenham criado a política, essa prática está presente em todo o mundo. A palavra política vem do grego “politéia”, usada para se referir a polis, ou cidade-estado. Dessa forma, podemos compreender que ela surgiu para garantir a estabilidade social. Infelizmente, a grande maioria das pessoas que se insere no meio político, não está preocupada em representar a coletividade. Ao contrário, os interesses pessoais sobrepõem às necessidades da sociedade.

“O que mais se ver nos períodos eleitorais são candidatos sedentos pelo poder. O pior de tudo é que devido termos um sistema político corrupto e falido, a maioria das pessoas são passíveis de barganha.”

O sistema político não ajuda a sociedade ter uma consciência crítica da importância que é a política. Porém, não podemos deixar de criticar a postura daqueles que vendem seu voto por qualquer coisa (blocos, cimentos, e etc.), mesmo porque na frente da urna o eleitor tem a chance de votar em quem quiser, independente do tamanho ou preço da barganha. Em relação aos políticos, candidatos ou não, eles têm uma grande parcela de culpa em relação ao modelo atual que temos.

Você pode mudar a história da sua cidade, do seu município...

A cada quatro anos, o eleitor tem a chance de reprovar os politiqueiros “profissionais”. Aqueles que aprovaram leis que prejudicaram a sociedade, ou mesmo os que fecharam os olhos para os desmandos do prefeito e da sua gestão. A crise e o caos social vivenciado na sua cidade é fruto da inoperância da grande maioria dos vereadores. Considerando, que são os vereadores que tem o poder de controlar e fiscalizar as contas e as ações do prefeito. Então, não venha com justificativa falível de que o vereador nada pode. Pelo contrário, o poder emana do povo e em seu nome é exercido, assim está escrito em nossa Constituição Federal.

Cá entre nós, você lembra qual foi o projeto de lei que o seu vereador aprovou em benefício do povo?

Lembre-se, que parte do fracasso do município é de responsabilidade dos nobres edis. Pois, são eles que criam e aprovam as leis que o prefeito encaminha para o Poder Legislativo. Por isso, da importância de quebrar o ciclo e renovar sempre a Câmara de Vereadores. No dia 02 de outubro a sociedade canindeense tem a chance de dizer não aos políticos que nada fizeram pelo povo. Assim como, a sociedade também tem a chance de continuar apostando naqueles que deram sua parcela de contribuição na defesa dos direitos do povo canindeense, se é que existe.

Então, o que esperar da sociedade e dos políticos?

Da sociedade devemos esperar mudança de postura, mais consciência da importância do voto na construção de uma sociedade mais justa, igualitária e capaz de saber distinguir os falsos políticos, dos poucos políticos que tem um compromisso em criar e aprovar leis que beneficiem a população. Dos políticos, esperamos que eles sejam honestos, compromissados em defender os interesses coletivos dos cidadãos e que honrem a procuração em branco que voi assinada pelo eleitor ao receber seu voto. É o mínimo que os políticos podem fazer em benefício da sociedade.

Nessa eleição, o eleitor tem a oportunidade de escolher o que quer para os próximos quatro anos de representação na Câmara de Vereadores: políticos compromissados com o povo, ou politiqueiros compromissados apenas com si próprios.

Eleitor, o poder está em suas mãos!

sábado, 20 de agosto de 2016

ELEIÇÕES 2016: MAIS DE 2,3 MILHÕES DE JOVENS DE 16 E 17 ANOS PODERÃO VOTAR


Créditos: Divulgação

No próximo dia 2 de outubro, 2.311.120 eleitores de 16 e 17 anos, para os quais o voto é facultativo, poderão escolher os prefeitos e vereadores que os representarão nos próximos quatro anos. O número representa 1,60% do total do eleitorado apto (144.088.912 eleitores) a participar das Eleições Municipais 2016 e é maior do que os 1.638.751 eleitores (1,14% do total à época) que puderam votar no pleito de 2014. As estatísticas atuais do eleitorado brasileiro podem ser consultadas no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na internet.

Segundo os dados divulgados pelo TSE, estão aptos a votar nestas eleições 833.333 jovens de 16 anos e 1.477.787 de 17 anos. O maior crescimento absoluto no número de jovens nessa faixa etária foi no município de Manaus, que, em relação a 2012, ganhou 4.815 eleitores (aumento de 25,76%). Já o maior crescimento relativo ocorreu na cidade de Cajueiro (AL): com novos 259 eleitores de 16 e 17 anos, foi registrado um aumento de 90,56% para essa faixa etária.

Apesar do crescimento em relação às últimas eleições, as estatísticas revelaram uma queda no número de jovens eleitores em comparação com o pleito municipal de 2012. Naquele ano, mais de 2,9 milhões de eleitores de 16 e 17 anos (2,10% do total do eleitorado à época) puderam votar.

Para o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, é possível que a redução no número de eleitores jovens esteja relacionada a uma “certa descrença em relação à política”. Além disso, segundo o ministro, “talvez os partidos também não deem a devida valorização e não dediquem energia a captar e incentivar essa juventude eleitora a passar nesse processo”.

“Estamos fazendo todo o esforço no sentido de aumentar o engajamento da população, porque é isso que legitima o processo democrático, como também nos preocupamos muito com a falta e presença nas urnas. Acho que isso também é um movimento de deslegitimação e, por isso, queremos encorajar essa situação de todos os meios e modos adequados”, completa o presidente do TSE.

A Justiça Eleitoral (JE) desenvolve algumas iniciativas para incentivar o engajamento dos eleitores de 16 e 17 anos com a política, especialmente a fim de aumentar o número de jovens envolvidos com as decisões importantes para o país, começando pelo exercício do voto. Em março deste ano, o TSE realizou mais uma Semana do Jovem Eleitor, focada no alistamento eleitoral de jovens, e que contou com a veiculação de campanhas de conscientização no rádio, TV e redes sociais.

Outras iniciativas também são desenvolvidas por diversos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), como o Projeto Jovem Eleitor, que contempla diversas ações, campanhas e programas voltados a conscientizar e estimular a participação dos jovens nas eleições. Os programas do projeto são levados a escolas municipais, estaduais e federais. Eles incentivam a participação política consciente e ressaltam a importância cívica do voto dos jovens para o fortalecimento da Democracia no país.

Clique no mapa para saber se o TRE de seu estado desenvolve o Projeto Jovem Eleitor.

LC/TC

Fonte: TSE

terça-feira, 26 de julho de 2016

DEMOCRACIA CORRUPTA, POLÍTICA DE POUCOS

Foto/Divulgação
Por Professor Nazareno

O Brasil é uma das maiores democracias do mundo. Hoje, são mais de 150 milhões de eleitores que a cada dois anos participam de eleições para a escolha de seus governantes. Do Presidente da República até o mais humilde vereador, todos têm que passar pela aprovação do eleitorado. No entanto, o brasileiro, de um modo geral, não gosta da política nem dos políticos. Não é difícil para o nosso cidadão eleitor associar a prática política com roubalheira, enriquecimento ilícito, desmandos, desvios de verbas, tráfico de influência e toda a sorte de ladroagem. E tem razão, pois o que faz um político? Um juiz estuda para interpretar e aplicar leis. Um médico estuda, e muito, para adiar a morte de seus pacientes. Um professor não para de estudar. Um jornalista lê muito. Todo profissional estuda e trabalha para se manter e tentar mudar a sociedade.

Para ser político no Brasil, na maioria dos casos, o indivíduo não precisa estudar nem ler absolutamente nada. Pode até ser ladrão, gangster, mafioso, canalha, patife, criminoso, corrupto, bandido, ficha-suja, mentiroso ou outra desgraça qualquer que será bem aceito por um partido político e quase sempre lhe é concedido o direito de ser votado. Com estes adjetivos, como um “nó cego” desses trabalhará pelo coletivo quando for eleito? Ainda assim, muitos dos eleitores adoram receber um CDS, gasolina, dentadura, telhas e outros mimos para votar nestes canalhas. O último obstáculo deveria ser quem vota, mas este eleitor também “faz vistas grossas”, por ignorância ou por necessidade. Por isso, em quase todas as eleições, ficamos num beco sem saída e, ingênuos, esperamos mudar tudo na próxima votação quando o ciclo se repete.

É bom que se ressalte ainda que a corrupção na política deve existir em todos os países do mundo. Mas o que diferencia a nossa das outras talvez seja a impunidade, por falta de uma legislação pertinente, e a pouca ou nenhuma fiscalização de quem elege esses políticos escroques. Assim, parte dos recursos públicos necessários para promover os investimentos sociais de que a população carente tanto necessita é vergonhosamente desviada por estas autoridades travestidas de bandidos, acentuando desta maneira o abismo social entre pobres e ricos e empobrecendo cada vez mais o país. Desse modo, não basta apenas criar mais leis para punir os corruptos. É necessário que o eleitor seja mais exigente ao votar, fiscalize todos os eleitos e se conscientize de que cada centavo desviado fará falta na melhoria da sua qualidade de vida.

Além disso, no programa eleitoral gratuito do rádio e da TV ficamos confusos. Afinal, os pouquíssimos honestos e os muitos desonestos estão ali, juntos e cúmplices, todos falando quase sempre as mesmas palavras de otimismo. Honestidade, dignidade, trabalho, motivação, perseverança, riqueza, participação, democracia, prosperidade, verdade, bonança, afinco, firmeza, hombridade, dentre outras mentiras é o que mais se vê e ouve. Somos responsáveis, eleitores e eleitos, pela construção de um Brasil melhor. E devíamos lutar e contribuir para vivermos livres da corrupção, da roubalheira, da incompetência administrativa e de outras mazelas. Como não há ditaduras honestas, o jeito é se conformar com a democracia corrupta que temos e lutar para mudá-la usando a mesma arma que ela nos dispõe: o voto consciente. A política tem que ser de todos e para todos. Caso contrário, esse país não mudará nunca.

terça-feira, 3 de maio de 2016

WHATSAPP CONTINUA BLOQUEADO POR DETERMINAÇÃO DA JUSTIÇA DE SERGIPE

Imagem/Divulgação
Opinião
por Valdir Inácio
Graduado em Gestão Pública

A medida tomada pela Justiça do Estado de Sergipe, através de seus magistrados, é sem dúvida uma forma de moralizar os serviços de redes sociais disponibilizados por empresas estrangeiras que insistem em não cooperar com a justiça, alegando não ter as informações em seus bancos de dados. É no mínimo espantoso a ideia de as informações postadas nos aplicativos sociais não ficarem armazenadas em algum lugar. 

Independentemente de muitos brasileiros estarem impedidos de usufruir o serviço do WhatsApp, vale lembrar que quando não existia tal rede social, esses mesmos brasileiros e brasileiras viviam normalmente suas vidas. Considerando ainda que, existem outras plataformas sociais que podem substituir o zap. Ao invés de criticar, nós brasileiros deveríamos apoiar a iniciativa da justiça sergipana, só assim teremos mais respeito dentro e fora dos limites de nosso Brasil.

Enfim, viva a Justiça Sergipana! Viva os Magistrados sérios de Sergipe! Orgulho de ser Sergipano e Nordestino!

Continue lendo, clique aqui.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

LIXO NAS RUAS DE CANINDÉ: DONOS DE CAMINHÃO PARALISAM ATIVIDADES POR FALTA DE PAGAMENTO


Moradores de Canindé de São Francisco acordaram na manhã de segunda-feira (22/02) com a notícia de que a coleta de lixo da cidade estava suspensa devido a Prefeitura não ter pago os terceirizados responsáveis pela coleta do lixo. 

Devido a paralisação da coleta de lixo por falta de pagamento da Prefeitura de Canindé, gestão do Prefeito Heleno Silva (PRB), as ruas da cidade foram tomadas pelo lixo conforme relatos no vídeo acima. Durante a paralisação, alguns moradores em ato de protesto ou "impensado" jogaram o lixo fora das caçambas (coletores), no trecho da Avenida João Alves em frente a Escola Maria do Carmo. 

Créditos: Internet 
Em relação aos supostos cidadãos que jogaram lixo na rua, foi citado no grupo de Whatsapp Revista Sergipe News o nome de "Paulista". O blogueiro que vos escreve participou do debate no referido grupo. Então, em busca da verdade dos fatos e da igualdade de direitos, entrou em contato com Paulista para dar-lhe a oportunidade de falar sobre o episódio.

Pois bem, de acordo com Paulista, ele não tirou o lixão da caçamba para jogar no meio da rua, mas sim afastou o lixo para mais distante de sua casa. Naquele momento outras pessoas (não quis citar nomes) chegaram e também em um ato de protesto, jogou o lixo na via pública. Ele enfatizou que há mais de uma semana o lixo daquela caçamba não era recolhido, levando os moradores a jogar o lixo em cima ou ao lado dos resíduos que estavam espalhados na rua. 

Finalizando sua fala, Paulista disse ainda que continuará lutando por uma cidade melhor e que se por acaso for necessário, prestará os devidos esclarecimentos aos órgãos competentes. 

Opinião

Créditos: Internet 
Em resposta aos questionamentos do blogueiro e historiador, Adeval Marques, administrador do site Revista Sergipe News e grupo de Whatsapp citado, sobre qual era a nossa qualificação para o ato de Paulista, o que temos a dizer é que somos a favor do diálogo e também da expressão de protesto legítimos e pautados na lei. Ou seja, os excessos devem ser conduzidos pelas autoridades competentes respeitando a defesa e ao contraditório. Considerando, que a sociedade canindeense é livre para fazer o juízo de valor que quiser em relação ao que aconteceu.

Enfim, entendemos também que a Prefeitura de Canindé tem condição suficiente para manter em dias o pagamento dos terceirizados, dos fornecedores e todos os compromissos da Instituição Prefeitura, basta compromisso em fazer gestão eficiente e com prioridades. 

Por Valdir Inácio
Formado em Gestão Pública
Blogueiro