Outras páginas

domingo, 24 de junho de 2018

O BRASIL QUE EU QUERO???

Por Valdir Inácio
Graduado em Gestão Pública
Líder Movimento Muda Sertão 



O Brasil que eu quero é o mesmo que a grande maioria dos brasileiros sonham em ver. Um país com condição de igualdade para todos. Uma nação que invista parte de suas riquezas em Educação, Saúde, Emprego e Renda.

Continue lendo a matéria, clique aqui.

No entanto, para que tenhamos esses e tantos outros avanços em nosso Brasil é preciso que, através de uma nova constituinte, possamos corrigir uma série de vantagens que os políticos, membros do judiciário, do ministério público e tantos outros cargos, das mais diversas instituições públicas, gozam atualmente. Ou seja, é inadmissível um professor receber um salário, enquanto outras profissões recebam tanto, principalmente, aquelas relacionadas ao Poder Público. É necessário uniformidade na valorização das profissões e dos profissionais. Talvez um piso nacional para todas as profissões poderia ajudar nessa solução. 

Foto: Internet 
Mas, para que isso aconteça é preciso que comecemos revendo o número exorbitante de políticos nas esferas municipal, estadual e federal. Pois, não justifica gastar tanto dinheiro público com vereador, deputados estadual e federal, e senador. Sem esquecer de mencionar a farra com as milhares de assessorias e inúmeras vantagens que estes detém devido o cargo que ocupa. Em outras palavras, ser político em nosso país, hoje, é profissão. Então, vamos acabar com essa farra, uma vez que país e povo sério não pode fechar os olhos para isso. Sendo assim, precisamos não só diminuir o número de cargos políticos, mas também reduzir moralmente os seus salários. Inclusive, de Prefeito, Governador e Presidente da República. Afinal, quem quer ser representante do povo e trabalhar por ele, deve contentar-se com o mínimo necessário para poder ter uma vida digna. Diferentemente do que ocorre nos dias de hoje.

Enfim, precisamo unificar o país em prol do tão sonhado desenvolvimento que necessitamos. E para isso é necessário que haja uma nova constituinte, onde todos os brasileiros, possam dizer o que precisa ser modificado e atualizado em nossa Constituição, assim como em nosso ordenamento jurídico. 

O que é uma Constituinte

Uma assembleia constituinte é um órgão colegiado que tem como função redigir ou reformar a constituição, a ordem político-institucional de um Estado, sendo para isso dotado de plenos poderes ou poder constituinte, ao qual devem submeter-se todas as instituições públicas.

Também é definido como a "reunião de pessoas, representantes do povo, que têm a responsabilidade de ditar a lei fundamental de organização de um Estado ou modificar a existente". 

A assembleia constituinte, sendo um órgão extraordinário, é dissolvida assim que a nova constituição, por ela elaborada, entra em vigor (WIKIPÉDIA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pela sua visita e comentário.