Outras páginas

sexta-feira, 6 de julho de 2018

ABONO SALARIA 2017: TRABALHADOR COMEÇA RECEBER EM 26 DE JULHO

Por Valdir Inácio
Graduado em Gestão Pública
Líder Movimento Muda Sertão
Com informações do site MTE

Créditos: Foto/Internet

O calendário de pagamento do Abono Salarial, ano-base 2017, foi definido no final do mês de junho pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador. Está previsto que seja destinado 18,1 bilhões a 23,5 milhões de trabalhadores, a partir de 26 de julho de 2018. 

É importante frisar que, o trabalhador que nasceu de julho a dezembro, vai receber o benefício ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho, vão ter que esperar um pouco, pois o recurso vai estar disponível para saque no próximo ano. Seja qual for a situação, o trabalhador terá até 28 de junho de 2019 para retirar o seu abono.

O PIS poderá ser sacado pelos empregados que trabalham na iniciativa privada nas agências da Caixa. Já o PASEP, que destinado para os funcionários públicos, sacam o dinheiro nas agência do Banco do Brasil.

Continue lendo, clique aqui.

Entendendo o benefício

Para ter direito ao Abono Salarial do PIS/PASEP é necessário ter trabalhado, formalmente, por pelo menos um mês em 2017 com remuneração média de até dois salários mínimos. Considerando, que o trabalhador tem de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, além de ter seus dados informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais, RAIS. 

A quantia que cada trabalhador tem para receber é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente no ano anterior, no caso 2017. O valor do abono salarial será calculado na proporção 1/12 do salário mínimo vigente na data do pagamento. 

De acordo com o chefe da divisão do Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratam Britto, “Quem trabalhou durante todo o ano receberá o valor cheio. Quem trabalhou por apenas 30 dias receberá o valor mínimo”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pela sua visita e comentário.