Outras páginas

segunda-feira, 4 de junho de 2012

PIZZA OU FALTA DE CAPACIDADE

Hoje (04/06) por volta das 9h, recebi ofício da Comissão Disciplinar da Copa Canindé de Futsal referente a solicitação feita pela equipe principal da PIBC - Primeira Igreja Batista na qual solicitou punição para equipe da Netafim por não ter escrito na súmula do jogo do dia 30/05, o atleta Gean Cássio. Ou seja, o mesmo jogou sem está escrito na sumula do jogo.

Para fazer a solicitação a PIBC se baseou no Regulamento da competição. Conforme o pobre e desarticulado parecer da Comissão Disciplinar é normal assinar um documento sem fazer uma leitura do mesmo. Deve ser por isso e por outros motivos que temos representantes tão desqualificados ocupando os cargos mais importantes da gestão pública, seja no legislativo ou executivo.

Enquanto equipe de futsal organizada sempre nos colocamos com o propósito de ajudar e contribuir para que as competições fossem as melhores possíveis. Mas, da forma como essa competição, em especial, esse caso está sendo tratado é uma falta de respeito para com a instituição Primeira Igreja Batista em Canindé e seus representantes. Não podemos aceitar que tentem nos ludibriar com argumento fajutos e insuficientes do ponto de vista jurídico. Se não querem analisar o caso conforme prever o regulamento, mostram que não estão agindo com imparcialidade. Deixando uma enorme duvida pairando no ar em relação a idoneidade da competição. 

O esporte canindeense precisa que os seus dirigentes deem bons exemplos. Não punindo um atleta severamente com 12 meses de suspensão, sem mesmo concede a este o direito de se defender. Agora faz vista grossa para um erro que está registrado em sumula e ainda concede o direito a equipe infratora. O técnico da equipe Netafim assinou a sumula que não constava o nome do atleta Gean Cássio, isto é, o mesmo foi tão conivente quanto qualquer outro que errou nesse caso. O regulamento é claro em relação a punição, ou seja, os 3 pontos da partida deveria ser dada para a outra equipe.

Em momento algum solicitamos punição para o mesário ou coisa e tal. Os dirigentes da Secretaria de Esportes deve agir com idoneidade e imparcialidade no tratamento com todas as equipes. Caso contrário perderá a credibilidade antes mesmos de finalizarem suas competições.

Em breve a instituição Primeira Igreja Batista em Canindé se manisfestará oficialmente sobre o assunto. 

Matéria atualizada para acréscimo de informações às 13h52.

Por Valdir Inácio 
Coordenador da RJC/SE
Publicada na página do Facebook

3 comentários:

  1. Quando você é a diferença em um mundo de iguais, você logo é tido como indesejável.

    Vá em frente Valdir.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelas palavras de incentivo nobre amigo Adeval Marques.

    Com certeza estamos defendendo aquilo que é nosso direito, sem querer ser melhor que ninguém.

    ResponderExcluir
  3. Quero informar a todos os/as leitores/as deste blog que só publicamos comentários de pessoas que se identificam. Essa é uma medida de segurança e respeito para com todos que seguem esse veículo de informação.

    Desde já agradecemos pela compreensão.

    ResponderExcluir

Agradecemos pela sua visita e comentário.