Outras páginas

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Aberta consulta pública sobre proposta de criação do Programa Juventude e Meio Ambiente

Imagem/Divulgação
CANINDÉ, Sergipe - Participe da consulta pública sobre proposta de criação do Programa Juventude e Meio Ambiente. A consulta acontece até o dia 10 de junho. Confira mais a seguir.





Valdir Inácio
Graduando em Gestão Pública

A Secretaria Nacional de Juventude, da Secretaria-Geral da Presidência da República, inicia nesta terça-feira (21/5) uma consulta pública ao texto da proposta de criação do Programa Juventude e Meio Ambiente. Fruto do trabalho do GT Interministerial Juventude e Meio Ambiente, coordenado pela SNJ e composto ainda pelo Ministério da Educação; e Meio Ambiente, a iniciativa é uma resposta a uma reivindicação histórica da sociedade civil e de diversas resoluções de várias conferências e encontros nacionais. 

Entre os objetivos da proposta ao Programa está o fomento a sustentabilidade socioambiental da agricultura familiar favorecendo a transição de base agroecológica, a permanência e a mobilidade da juventude no meio rural; incentivar e promover estudos, pesquisas e extensão universitária sobre juventude e meio ambiente; apoiar a produção acadêmica da juventude para as temáticas ambientais; e promover a formação do jovem para a sustentabilidade socioambiental.

Como Contribuir - Para apresentar suas emendas ao texto, o interessado deverá acessar o blog http://consultajuventudemeioambiente.wordpress.com, aceessar o link “texto na íntegra” e deixar o seu comentário. Para dar contribuição sobre algum tema específico, deve clicar em “texto em consulta” e, em seguida, nos temas. Os comentários são livres e não têm limite de quantidade. 

Também será possível enviar sugestões pelo e-mail:juventude.meioambiente@presidencia.gov.br até às 18h do dia 10 de junho de 2013. Após esse período, as contribuições serão analisadas pelo GTI, e serão apresentadas aos ministros dos ministérios que compõem o GTI.

O GTI Juventude e Meio Ambiente tem como princípios orientadores a participação juvenil em todas as suas etapas e atividades; o respeito às diferentes formas organizativas juvenis; o diálogo, cooperação e colaboração intergeracional na condução de suas atividades, cujos objetivos foram definir as bases conceituais e metodológicas e planejar a criação da Política e do Programa Nacional de Juventude e Meio Ambiente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pela sua visita e comentário.