Outras páginas

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Incêndio destrói 14 bares na Prainha de Canindé

Foto: Arbelan Santos
CANINDÉ, Sergipe - A causa que ocasionou o incêndio é desconhecida. 









Por: Genilson Santos


Um incêndio de grande proporção, na madrugada desta sexta-feira (10), na Prainha de Canindé, transformou o que era um local de lazer e de geração de emprego e renda em um ambiente desolador e de muita tristeza para os comerciantes que dali tiram seu sustento. 14 dos 18 bares existentes foram totalmente destruídos pelas chamas, um prejuízo incalculável para os comerciantes.


Foto: Alberlan Santos
Um dos donos de bares, único que dormia no local de trabalho na hora da ocorrência, confessou que o incêndio começou por volta das 02h30min da madrugada após uma explosão, de imediato o comerciante procurou ajuda para apagar as chamas, porém, pelo fato dos bares serem construídos de tablados não foi possível evitar a propagação do fogo.

A causa do incêndio ainda é desconhecida, uma das hipóteses levantadas pela polícia criminalística é de que o incêndio tenha sido provocado por um curto-circuito, já que havia chovido minutos antes. Outra linha de investigação leva a crer que possa ter sido praticado por um ato criminoso.

Algumas lideranças políticas do município, a exemplo de alguns vereadores, estiveram no local para levar solidariedade aos comerciantes. O prefeito Heleno Silva esteve acompanhado do deputado João Daniel, e com poucas esperanças garantiu que vai ajudar aos comerciantes.

Foto: Alberlan Santos
O que leva a crer é que agora a Orla do município saia do papel, projeto idealizado há alguns anos pela prefeitura e o governo estadual e que aguarda a liberação do IBAMA e de outros órgãos para sua efetivação. Mais de 6 milhões já estão disponíveis através de recursos do Ministério do Turismo.


Outra luta que o município encabeça há alguns anos com o Governo do Estado é para trazer uma base do Corpo de Bombeiros para o município. Dois outros grandes incêndios foram registrados no município um deles foi quando um caminhão carregado de calçados pegou fogo no centro da cidade. Mais recente, em 2012, tivemos o incêndio do Karrancas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pela sua visita e comentário.