Outras páginas

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

CARLOS ANTÔNIO, JOVEM SERGIPANO CONCORRE VAGAR AO PARLAMENTO JUVENIL MERCOSUL

Carlo Antônio de Oliveira Barbosa
Estudante IFS
Olá!, atualmente estou cursando nível técnico secundário em Edificações, isto em seu âmbito educacional integral da rede pública de ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe – Campus Lagarto, filho de agricultor, tenho 16 anos, envolvido em projetos de pesquisa acadêmica, estou engajado em atividades extracurriculares, tais como membro do grupo social PASCOM, além da participação em grupos estaduais de ação social e protagonismo juvenil, como o EngajaMundo, onde evidência minha vontade intrínseca em vencer e fazer a diferença, acredito que a transformação da realidade do meio social em que somos inseridos no nosso país comece a partir da educação.

Confira a seguir, o resumo do projeto dele, aproveite e ajude-o a defendê-lo no Parlamento Juvenil Mercosul. Acesse o site e ajude com seu voto, obrigado! 

As votações encerarão hoje dia 30/11. Quem vota? Todos os Jovens de 14 à 18 anos, precisa do CPF. Saiba mais, clicando aqui!


RESUMO: 

A realização do presente projeto de protagonismo juvenil concernente ao parlamento jovem se deu na necessidade de uma intervenção ao fato de como algumas pessoas são tratadas devido a suas identidades sociais, culturais, características físicas ou até raciais, outrossim que tenha havido um desenvolvimento e progresso nos últimos tempos na sociedade, nordestinos, negros, mulheres e homossexuais, são exemplos de desigualdade social e discriminações variadas, onde é inegável a presença da disseminação do ódio ao adverso, considerando que o Brasil é um país onde permanece uma enorme desigualdade social. Na finalidade de compor o jovem discente um cidadão integral e social a partir da escola, enquanto agente curricular, formativo e meio de progresso individual para acesso ao mundo do conhecimento, no ambiente escolar, é proposto a difusão de conhecimentos sociais e atuais para a prática da cidadania, como modo de formação destes, vinculados a atividades que sejam de acordo aos direitos humanos e inclusão social.

Por Valdir Inácio
Graduado em Gestão Pública
Líder Movimento Muda Sertão
Líder Movimento Independente "Muda Canindé"
Com informações do Site do Parlamento Juvenil MERCOSUL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pela sua visita e comentário.