Outras páginas

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

JOVEM CONTERRÂNEO DA JOGADORA MARTA, TRILHA SONHO DE CHEGAR AO FUTEBOL PROFISSIONAL NO SERTÃO SERGIPANO

No próximo sábado, 24/11, às 15h, no estádio Andrezão, o Clube Desportivo Canindé disputa vaga para fase de oitavas de final do Sergipano Sub-18, contra o Independente em jogo único. 

Este blog, Diário da Cidade (DC), entrevistou o jovem atleta Romário, alagoano da cidade da melhor jogadora do mundo, Marta de Dois Riachos, sobre sua passagem pelo time ribeirinho e como o mesmo chegou a Canindé de São Francisco. Vale apena conferir!

Lembrando, que caso queira receber nossas postagens em seu Whatsapp, ou mesmo contratar nossos serviços, favor  chamar no número (79) 99986-9296.

Agora, confira a entrevista com o jogador do Clube Desportivo Canindé, Romário.

Atleta Romário,
 lateral direito, Sub-18 Canindé.
DC - Qual sua expectativa para o jogo de sábado?

Romário - Bom, será uma partida muito difícil, mas confio no nosso grupo, não desmerecendo a equipe do Independente. Iremos em busca da vitória e da classificação. 

DC -  A equipe está preparada para essa fase de mata-mata?

Romário - Sim, com o trabalho do professor Mauro, Jajá, Domar e todos que fazem parte da comissão técnica, acredito que não só nessa fase, mas também nas outras que virão.

DC - Desde a competição de base realizada no início do ano, aqui em Canindé, ocasião que você jogou pela equipe Atletas de Cristo, já dava pra perceber que sua qualidade é inquestionável, seja no meio campo e principalmente, jogando de lateral direito. Pois bem, o que você aprendeu ao longo deste tempo jogando fora de Dois Riachos? 

Romário - Foi nesta competição municipal que mim destaquei. A oportunidade que tive pela equipe Atletas de Cristo foi fundamental para mostrar meu futebol. Quero agradecer ao meu ex-treinado, Tony Inácio, que foi um grande professor pra mim, não só em campo, mas também fora dos gramados. E, logo em seguida Deus abriu as portas e tive uma grande experiência pelo Canaã Esporte Clube da Bahia. Lá conheci várias pessoas e tive como orgulho trabalhar com o professor João Carlos, um ótimo treinador e ser humano. E, agradecer ao Valdir Inácio que deu a chance de ter essa experiência.

DC - Qual seu objetivo para 2019 e suas considerações finais?

Romário - Minha cabeça está focada no sergipano Sub-18. Mas além disso tudo, acho que todo jogador sonha está em um grande clube. E, se essa chance aparecer vou agradece a Deus, primeiramente, e segundo a minha família por sempre acreditar em mim.

Por Valdir Inácio
Graduado em Gestão Pública
Líder Movimento Muda Sertão
Líder Movimento Independente "Muda Canindé"
Com informações da FSF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pela sua visita e comentário.