Outras páginas

terça-feira, 30 de julho de 2019

PROFESSORES REALIZAM PROTESTO E REIVINDICAM O PAGAMENTO DE SEUS SALÁRIOS

Professores em ato na praça central em Canindé de São Francisco/SE
(Foto: Reprodução)
Na manhã de hoje, 30/07, os professores da Rede Municipal de Ensino de Canindé de São Francisco/SE, reuniram-se na praça central para ato público que reivindicava o pagamento dos salários na data estabelecida por lei. Há dois meses os professores não recebem seu honorários. 

De acordo com a classe, os recursos do FUNDEB - Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, foi utilizado de forma irregular. Ocasionado assim, o desequilíbrio no pagamento dos profissionais da Educação. 
  

Ainda durante o protesto, os professores relataram que protocolará denúncia no Ministério Público Estadual sobre o uso indevido dos recursos do FUNDEB em 2019. Assim como, solicitará da prefeitura de Canindé de São Francisco a devolução do montante usado em outras despesas.

Professores no Ministério Público
(Foto: Reprodução)
O evento contou com a participação do professor Dudu da CUT/SE - Central Única do Trabalhador, de Emanoel Aleixo - Sindicato dos Servidores Públicos de Canindé, da professora Lúcia Barroso (assessora do deputado Iran Barbosa), do jornalista Bruno Balbino, e dos professores que compõe a base sindical do SINTESE em Canindé de São Francisco, Danilo, Claudicelma e outros.

De acordo com a base sindical local, à administração municipal encaminhará uma nova proposta amanhã (31/07) para análise da classe. A base do SINTESE reunirá-se pela manhã, às 9h, para deliberação da proposta encaminhada.


Da Redação 
Diário da Cidade Sertão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pela sua visita e comentário.